Translate to English Translate to Spanish Translate to French Translate to German Google-Translate-Portuguese to Italian Translate to Russian Translate to Chinese Translate to Japanese

ONLINE
1




Partilhe este Site...





Total de visitas: 461927
ENTREVISTA COM RENATA BARCELLOS
ENTREVISTA COM RENATA BARCELLOS

ENTREVISTA COM RENATA BARCELLOS

 

 

  1. De onde você é?

Do Rio de Janeiro.

 

Quando você começou a se aventurar na literatura?

Lecionando desde 1998 – quando me formei. Como escritora de poesia e conto, ano passado. A ocupação da minha escola me deixou tão estressada que a escrita foi minha válvula de escape.

 

Sofreu influência direta de parentes mais velhos, amigos, professores?

Quem sempre me motivou foi o acadêmico Francisco Evandro (Farich).

 

O que aprendeu na escola o instigou a criar textos?

 Sim, não só as estratégias narrativas (os estilos dos grandes autores: Machado de Assis, Drummond...) como também a própria ação da ocupação.

  

  1. Você já leu muitas obras e lê frequentemente?

 Sim, não só na graduação em Letras na UFF como também lecionando. Leitura dos grandes clássicos para preparar os alunos ao vestibular.

  

Que gêneros (poesia, contos, crônicas, romance) e autores prefere?

 Aprecio os diversos gêneros.

 

Poesia: Cecília Meirelles, Clarice Lispectro e Ligia Fagundes Telles.

Fernando Pessoa, Castro Alves, Drummond, Bandeira, Flaubert, Baudelaire.

Contos: Machado de Assis.

Crônicas de Martha Medeiros, Veríssimo, Zuenir Ventura, Afonso Romano Santana.

Romance: Machado de Assis, Eça de Queiros, Saramago.

  

  1. Costuma fazer um glossário com as palavras que encontra por aí (em livros, na internet, na televisão etc.) e ir ao dicionário pesquisá-las?

 Às vezes, geralmente, capto o contexto.

  

  1. Há escritores de hoje na internet (não consagrados pelo povo) que admira? Em sites, Academias de que de repente você participa etc.

 Sim. Os acadêmicos Beatriz Dutra, Nilza Freire, Simonato, Francisco Evandro, Andreia Rezende....

 

 Você costuma participar de antologias? Acha-as algo interessante? Participaria de uma se eu a lançasse?

 Sim. De todas que tenho conhecimento. Uma excelente forma de divulgar o nosso trabalho.

 

 Você é membro de Academias de Letras? Aceitaria indicações para ingressar em Academias de Letras como membro?

 Sim. Sou membro da ALAF – ALAP – Divine Academie Française – UBE.

  

  1. Tem ideia de quantos textos literários já escreveu? Há quanto tempo escreve ininterruptamente?

 Escrevo há apenas um ano. Devo ter escrito já umas cem poesias.

E dez contos.

  

  1. Você tem dificuldade de escrever em prosa, em verso? 

 Maior dificuldade em prosa. Organizar o enredo da narrativa.

  

  1. Você possui algum lugar onde publica textos virtualmente? Qual? 

 Nos grupos do Facebook: Literatura Brasileira – Cultive – Poesia com café.

  

  1. Que temas prefere escrever? Prefere ficção ou o que vivencia e vê no dia a dia?

 Escrevo temas variados do quotidiano: amor, vida, paz...

  

  1. Aprecia outros tipos de arte usualmente? Frequenta museus, teatros, apresentações musicais, salões de pintura? Está envolvido com outro tipo de arte (é pintor, músico, escultor?)

 Sim. Aprecio Artes em geral. Frequento museus, teatros .... Tenho uma coluna no Portal Sem Fronteiras: Literando no teatro, cujo objetivo é escrever sobre textos de escritores da literatura.

  

  1. Que retorno você espera da literatura para si mesmo no Brasil? E a nível de mundo?

 Escrevo por prazer. Financeiramente, nada. Simplesmente, espero que meus textos agradem. Apreciem.

  

  1. Você acha que o brasileiro médio costuma ler?

 Há leitores. Muitos adolescentes leem textos contemporâneos. O grande problema é a má competência leitora.

  Acha que ele gosta de literatura tradicional ou só de notícias rápidas e sem profundidade?  Leem mais literatura fantástica os adolescentes. Parte deles, leem também os grandes clássicos da literatura mundial.

  

  1. Você costuma registrar seus textos na FBN antes de publicá-los? Sabe da importância disso?

 Não. Nunca o fiz.

  

  1. Já tem livros-solo publicados?

 Acadêmicos dois: Gramática contextualizada e Itens de Análise gramatical

Está na editora: poesia – Alma dilacerada

 

Consegue vendê-los com certa facilidade? 

 Não.

  

  1. Já conhecia o poeta-escritor Oliveira Caruso (desculpe-me... Esta pergunta é padrão para quem participa de meus concursos literários)?

 Sim.

  

  1. Você trabalha com literatura inclusive para aumentar sua renda ou a leva como um delicioso hobby?

 Apenas como hobby - terapia

  

  1. Você trabalha(ou) fora da literatura?

 Não. Sempre lecionei.

 

topo