Translate to English Translate to Spanish Translate to French Translate to German Google-Translate-Portuguese to Italian Translate to Russian Translate to Chinese Translate to Japanese

ONLINE
1




Partilhe este Site...





Total de visitas: 461977
ENTREVISTA COM JOSÉ HENRIQUE GOMES GONDIM
ENTREVISTA COM JOSÉ HENRIQUE GOMES GONDIM

1. Quando você começou a se aventurar na literatura? Sofreu influência direta de parentes mais velhos, amigos, professores? O que aprendeu na escola o instigou a criar textos?
 As cartas de amor para as namoradas. Os cartões de natal escritos individualmente influenciaram na decisão de escrever. Talvez o mais decisivo foi a obrigatoriedade de ler romances para poder comentar com as garotas que eu presenteava com livros.

2. Você já leu muitas obras e lê frequentemente? Que gêneros (poesia, contos, crônicas, romance) e autores prefere?
 Prefiro contos. Os romances de Sidney Sheldon na adolescência me marcaram muito.

3. Costuma fazer um glossário com as palavras que encontra por aí (em livros, na internet, na televisão etc.) e ir ao dicionário pesquisá-las? 
 Sim, principalmente para as poesias.

4. Há escritores de hoje na internet (não consagrados pelo povo) que admira? Em sites, Academias de que de repente você participa etc.
 Qualque escrito pode ser admirado por mim. Se eu gostar, não importa se é consagrado. Várias academias.

5. Você costuma participar de antologias? Acha-as algo interessante? Participaria de uma se eu a lançasse?
 Tenho mais de 50 livros de antologias. Com certeza eu participaria. Cada livro que consta um texto meu é um troféu. Sempre exponho nas feiras de literatura do meu emprego.

6. Você é membro de Academias de Letras? Aceitaria indicações para ingressar em Academias de Letras como membro?
 Sou apenas nas virtuais. Fiquei muito feliz em fazer parte de uma academia indicad por você. Foi na época da copa e não poderia ir. Assim, ficaria sem o brilho de uma posse. Outra coisa, o site desatualizado da academia me desestimulou.

7. Tem ideia de quantos textos literários já escreveu? Há quanto tempo escreve ininterruptamente?
 Mais de 200 textos (entre artigos, contos, poesias, poetrix, livros, cordel) Escrevo desde 1998.

8. Você tem dificuldade de escrever em prosa, em verso?
 Não.

9. Você possui algum lugar onde publica textos virtualmente? Qual?
 Não costumo publicar para não perder o ineditismo exigido nos concursos.

10. Que temas prefere escrever? Prefere ficção ou o que vivencia e vê no dia a dia?
 Ficção.

11. Aprecia outros tipos de arte usualmente? Frequenta museus, teatros, apresentações musicais, salões de pintura? Está envolvido com outro tipo de arte (é pintor, músico, escultor?)
Frequento. Não, somente escrever.

12. Que retorno você espera da literatura para si mesmo no Brasil? E a nível de mundo?
 Gostaria muito de um dia ter meu nome reconhecido nacionalmente. Não para ganhar dinheiro. Ganho bem com meu emprego e minha clínica. Queria provar para os que não acreditaram na minha arte, que eu sou bom no que faço.

13. Você acha que o brasileiro médio costuma ler? Acha que ele gosta de literatura tradicional ou só de notícias rápidas e sem profundidade?
 Está melhorando. O meu estilo de escrever se adequa bem a quem não quer ler algo muito longo. Espaçamentos maiores e livros mais finos.

14. Você costuma registrar seus textos na FBN antes de publicá-los? Sabe da importância disso?
 A maioria sim. Tenho nossa desta importância.

15. Já tem livros-solo publicados? Consegue vendê-los com certa facilidade?
 Tenho 5 livros publicados (3 romances - 2 livros de artigos publicados e não publicados nos jornais da cidade) 50 coletâneas. Os meus romances fiz no máximo 500 exemplares e vendi 80% em lançamentos de locais para amigos e familiares.

16. Já conhecia o poeta-escritor Oliveira Caruso (desculpe-me... Esta pergunta é padrão para quem participa de meus concursos literários)?
 Sim. Já tive até o prazer de ser premiado em 2º lugar em um de seus concursos.


17. Você trabalha com literatura inclusive para aumentar sua renda ou a leva como um delicioso hobby?
Literalmente Hobby.

topo