Translate to English Translate to Spanish Translate to French Translate to German Google-Translate-Portuguese to Italian Translate to Russian Translate to Chinese Translate to Japanese

ONLINE
1




Partilhe este Site...





Total de visitas: 405184
ENTREVISTA COM MÁRCIO MOR GIONGO
ENTREVISTA COM MÁRCIO MOR GIONGO

ENTREVISTA COM MÁRCIO MOR GIONGO

 

 

  1. De onde você é? Quando você começou a se aventurar na literatura? Sofreu influência direta de parentes mais velhos, amigos, professores? O que aprendeu na escola o instigou a criar textos?

Sou natural de Cachoeira do Sul – RS, mas resido em Porto Alegre – RS, há quase trinta anos. Sofri influência de minha Mãe, que sempre me habituou a ler e escrever. Além de outros parentes, alguns tios e tias também me influenciaram pela arte e pela cultura.

                                                                      

  1. Você já leu muitas obras e lê frequentemente? Que gêneros (poesia, contos, crônicas, romance) e autores prefere?

Leio frequentemente. Gosto de romance e de Contos e Crônicas. Meu escritor predileto em todo o mundo é Ken Follet. Aqui pelo país, Rubem Alves, Luis Antonio de Assis Brasil, Leticia Wierzchowski, Chico Buarque e as crônicas esportivas de Nelson Rodrigues e Armando Nogueira, além de Luis Fernando Veríssimo. Além é claro dos clássicos Machado de Assis e Jorge Amado. Nas poesias, gosto muito do Mário Quintana.

 

  1. Costuma fazer um glossário com as palavras que encontra por aí (em livros, na internet, na televisão etc.) e ir ao dicionário pesquisá-las?

Não. Não tenho esse hábito.

 

  1. Há escritores de hoje na internet (não consagrados pelo povo) que admira? Em sites, Academias de que de repente você participa etc.

Sim, gosto muito de um escritor gaúcho e meu conterrâneo, Alcione Sortica.

 

  1. Você costuma participar de antologias? Acha-as algo interessante? Participaria de uma se eu a lançasse?

Participo, sempre que posso. E participaria sim.

 

  1. Você é membro de Academias de Letras? Aceitaria indicações para ingressar em Academias de Letras como membro?

Sim, sou membro de duas. Alpas 21 de Cruz Alta - RS e correspondente da Alto de Teófilo Otoni – MG. E aceitaria, sim o convite.

 

  1. Tem ideia de quantos textos literários já escreveu? Há quanto tempo escreve ininterruptamente?

Escrevi em torno de cem textos. Escrevo desde 2006.

 

  1. Você tem dificuldade de escrever em prosa, em verso? 

Tenho dificuldade de escrever em verso.

 

  1. Você possui algum lugar onde publica textos virtualmente? Qual? 

Na minha página do facebook: O Planeta Vermelho.

 

  1. Que temas prefere escrever? Prefere ficção ou o que vivencia e vê no dia a dia?

Prefiro escrever temas que vivencio no dia a dia.

 

  1. Aprecia outros tipos de arte usualmente? Frequenta museus, teatros, apresentações musicais, salões de pintura? Está envolvido com outro tipo de arte (é pintor, músico, escultor?)

Aprecio a música. Estou tendo aulas de piano. E gosto muito do teatro e cinema.

 

  1. Que retorno você espera da literatura para si mesmo no Brasil? E a nível de mundo?

Eu espero que essa chama da literatura permaneça acesa, pois somente A literatura e a educação podem transformar um país. Da mesmA forma espero que o mundo seja mais igualitário através da educação e da cultura.

 

  1. Você acha que o brasileiro médio costuma ler? Acha que ele gosta de literatura tradicional ou só de notícias rápidas e sem profundidade?

O brasileiro médio infelizmente não tem o hábito da leitura. Lê apenas notícias rápidas da internet.

 

  1. Você costuma registrar seus textos na FBN antes de publicá-los? Sabe da importância disso?

Sim.

 

  1. Já tem livros-solo publicados? Consegue vendê-los com certa facilidade?

Sim, tenho apenas um. O Planeta Vermelho. Consigo vendê-lo, mas não com facilidade. 

 

  1. Já conhecia o poeta-escritor Oliveira Caruso (desculpe-me... Esta pergunta é padrão para quem participa de meus concursos literários)?

Conhecia, pelas suas premiações no concurso literário da FECI Inter.

 

  1. Você trabalha com literatura inclusive para aumentar sua renda ou a leva como um delicioso hobby?

É Um delicioso hobby.

 

  1. Você trabalha(ou) fora da literatura?

Sim. Sou advogado.

 

 

topo